Taleban promete resistência a novo plano de Obama

O Taleban prometeu hoje aumentar a resistência e lutar contra o reforço de mais 30 mil soldados norte-americanos, anunciado ontem à noite pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. "Obama irá testemunhar muitos caixões chegando à América do Afeganistão", disse, por telefone, Qari Yousuf Ahamdi, um porta-voz do grupo.

AE, Agencia Estado

02 de dezembro de 2009 | 12h13

"O desejo deles de controlar o Afeganistão por meios militares não se tornará realidade", afirmou Ahamdi. "As 30 mil tropas extras provocarão resistência e luta mais fortes." O porta-voz previu ainda uma "retirada vergonhosa" das forças estrangeiras do país. "Eles não podem alcançar suas esperanças e metas." As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoEUATalebanObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.