Taleban realiza ato religioso em memória de Bin Laden

Durante cerimônia, paquistaneses gritaram lemas contra americanos

Agência Estado

09 de maio de 2011 | 09h24

DERA ISMAIL KHAN - Combatentes do Taleban realizaram nesta segunda-feira, 9, um ato religioso em memória a Osama bin Laden em uma região tribal do Paquistão, disseram um funcionário de inteligência e um chefe tribal local. O grupo aclamou o chefe da Al-Qaeda, morto em uma operação dos Estados Unidos na semana passada, e gritaram lemas contra os norte-americanos e o Paquistão, segundo as fontes.

 

Veja também:

video 'Mundo ainda tem motivos para ter medo'

blog OPINIÃO: Depois de Osama Bin Laden

especialESPECIAL: Passo a passo da caçada ao terrorista

 

A cerimônia ocorreu nesta segunda-feira em Wana, principal localidade do Waziristão do Sul. A região era o principal refúgio do Taleban no Paquistão antes da ofensiva lançada pelo Exército em 2009.

O funcionário de inteligência e o chefe tribal local, Ghanam Shah Wazir, disseram que o Exército permitiu a realização do ato religioso porque ele foi liderado por Maulvi Nazir, um comandante do Taleban apontado como interessado em um acordo de paz com o governo. O funcionário de inteligência pediu anonimato. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.