Taleban vai libertar jornalista inglesa

O líder do Taleban, mulá Mohammed Omar, determinou que a jornalista inglesa Yvonne Ridley, presa no mês passado no Afeganistão, seja libertada. De acordo com informações da AIP, agência de notícias privada do Afeganistão, as autoridades locais disseram que ela seria libertada neste final de semana. Ridley foi acusada de espionagem e presa em 28 de setembro em Jalalabad junto com dois guias afegãos. Ela trabalha para o jornal Sunday Express, de Londres, e estava no Afeganistão para fazer uma reportagem sobre as condições de vida do povo afegão depois dos ataques do dia 11 de setembro, quando dois avião foram lançados contra as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, e um outro contra o Pentágono, em Washington.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.