Talebans espancam funcionários afegãos da ONU

Afegãos que trabalham para a Organização das Nações Unidas (ONU) dentro do Afeganistão foram espancados pelas autoridades talebans em Cabul e em duas outras cidades grandes, desde que começaram os bombardeios aéreos liderados pelos Estados Unidos, no último domingo, informou hoje uma porta-voz da ONU. Alguns veículos das Nações Unidas e de funcionários da organização também foram confiscados, segundo a porta-voz Stephanie Bunker. De acordo com ela, os talebans aumentaram as perturbações em geral. Os detalhes ainda são incompletos, mas Bunker afirmou que os espancamentos de funcionários de uma agência não-governamental afiliada à ONU devem ter acontecido na terça ou na quarta-feira. "Houve episódios ocasionais no passado, nos quais os talenbans invadiram os escritórios. Também houve casos em que os talebans incomodaram ou prenderam funcionários", disse a porta-voz. "Mas agora parece que isto está aumentando. Preciso dizer isto", afirmou. Os funcionários foram espancados em Cabul, a capital, Jalalabad, e na fortaleza taleban de Kandahar. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.