Talebans seqüestram dois jornalistas paquistaneses

Militantes do grupo terrorista Taleban seqüestraram dois jornalistas paquistaneses no sudeste do Afeganistão, informaram um porta-voz do grupo militante e a esposa de um dos seqüestrados. Os militantes disseram que os jornalistas estão bem e em segurança e que podem ser soltos em breve. Sued Saleem Shahzad, do jornal Star de Karachi, ao sudeste do Afeganistão, e Oamar Yousafzai, repórter de vários jornais de Quetta, foram vistos pela última vez no dia 19 de novembro, em Kandahar, segundo a esposa de Shahzad, Anita Saleem. O jornal Star de Karachi publicou que ambos jornalistas foram seqüestrados pelo Taleban no dia 21 de novembro, próximo a província de Helmand. O porta-voz do grupo terrorista, Mohammed Hanif, disse que os dois repórteres paquistaneses foram detidos por um grupo por "entrar no Afeganistão sem qualquer documento", mas acrescentaram que os homens estão seguros e que serão libertos no domingo.

Agencia Estado,

25 Novembro 2006 | 17h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.