Talibãs matam engenheiro turco no sudoeste do Afeganistão

Um engenheiro turco foi assassinado no sudoeste do Afeganistão após cair em uma emboscada preparada por supostos rebeldes talibãs, informaram hoje a EFE fontes oficiais. Segundo o governador da província de Nimroz, Ghulam Dastagir Azad, o incidente aconteceu ontem à noite quando o engenheiro viajava junto com três policiais desde essa província em direção à região vizinha de Farah. "Seu veículo foi obrigado a parar por um carro de rebeldes talibãs no distrito de Dilaram, no norte de Nimroz", explicou Azad. "Os rebeldes obrigaram o engenheiro turco a sair do carro e atiraram neste, provocando sua morte, depois atearam fogo ao cadáver", acrescentou. Segundo o governador provincial, "os rebeldes desarmaram os policiais e depois lhes deixaram em liberdade sem lhes causar dano". As autoridades de Nimroz enviaram várias patrulhas policiais à região para investigar os fatos. A violência aumentou nas últimas semanas no Afeganistão, onde na semana passada foram registrados sete ataques suicidas de supostos talibãs, a maioria deles contra veículos das forças governamentais e estrangeiras no sul do país.

Agencia Estado,

03 Abril 2006 | 06h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.