Tâmeis anunciam quatro mortes em ataque do Exército

Pelo menos quatro civis morreram por causa dos tiros de artilharia lançados pelo Exército do Sri Lanka contra um hospital no distrito de Batticaloa, no leste do país, informou nesta quarta-feira a guerrilha tâmil.O grupo separatista Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) afirmou em comunicado que as quatro vítimas morreram ontem num ataque a um hospital da localidade de Verugal, e outras 10 pessoas ficaram feridas. O ataque não por enquanto não foi confirmado nem desmentido oficialmente pelo governo.No fim de semana, dois atentados contra ônibus de passageiros no oeste do país deixaram 20 mortos e quase 100 feridos. O governo atribuiu os ataques ao LTTE.A embaixada dos EUA pediu às duas partes que procurem uma solução política para o conflito. A sugestão americana é de que o partido governamental e a oposição se unam nu plano de poder partilhado, para retomar as conversas de paz com o LTTE.O documento também afirma que "25 anos de terrorismo não melhoraram a vida dos tâmeis".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.