Tanques dos EUA chegam a 500 metros de santuário xiita

Tanques americanos entraram an Cidade Velha de Najaf, aproximando-se do maior santuário do islamismo xiita, enquanto os delegados que participam da Conferência Nacional do Iraque aprovaram o envio de uma comissão ã cidade para negociar o fim das hostilidades. Segundo testemunhas, os blindados dos EUA já se encontram a 500 metros do Santuário do Imã Ali, sepulcro do fundador do xiitismo.Os combates entre xiitas radicais, refugiados no santuário e no cemitério próximo, e as tropas iraquianas e americanas na cidade recomeçaram no dominmgo, com o fracasso de uma negociação de trégua. Os combates em Najaf também dificultam os trabalhos da Conferência Nacional reunida em Bagdá. Nela, 1.300 líderes de diversos setores da sociedade iraquiana - religiosos, políticos, tribais - tentam organziar a futura democracia do Iraque.Alguns dos delegados ameaçam abandonar a conferência se os comabates prosseguirem. Hoje, a Conferência votou pelo envio de uma comissão a Najaf para conversar com o líder da revolta armada, Moqtada al-Sadr, e convidá-lo a tomar parte no processo político parlamentar.?Estamos prontos a aceitar mediação para uma solução pacífica?, disse o assessor de Al-Sadr Ahmed al-Shaibany. Ao mesmo tempo, porém, Al-Shaibany pediu que iraquianos de todo o páis dirijam-se a Najaf para servir de escudos humanos na proteção das Brigadas Mahdi, a milícia de Al-Sadr.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.