Tanques israelenses invadem Hebron

Tanques israelenses invadiram o setor palestino de Hebron na manhã de hoje e dispararam munições pesadas contra pistoleiros palestinos na maior incursão desde que Israel retirou-se da maior parte da cidade, em 1997. A ofensiva israelense foi iniciada depois que palestinos atacaram postos do Exército e assentamentos judaicos nas proximidades de Hebron no fim da noite de ontem. Na incursão, os tanques israelenses feriram nove palestinos e destruíram cinco delegacias, quatro delas em Hebron e a outra num vilarejo próximo.Também hoje, um tanque israelense e quatro veículos militares entraram em território palestino na periferia da cidade cisjordaniana de Tulkarem e dispararam três bombas contra um posto de checagem palestino abandonado, comentaram testemunhas. O Exército israelense informou que a ofensiva era uma resposta a um ataque palestino no qual dois judeus teriam ficado levemente feridos em um tiroteio ocorrido na área.Os últimos desdobramentos tornam cada vez mais improvável o sucesso da trégua patrocinada pelos Estados Unidos e declarada há pouco mais de um mês. Os confrontos aumentaram nos últimos dias. A tensão era especialmente alta momentos antes da abertura das Macabíadas, um evento esportivo no estilo dos Jogos Olímpicos disputado apenas por atletas judeus.Dois palestinos morreram na manhã de hoje quando tentavam colocar uma bomba nas proximidades do estádio onde ocorreria a abertura. Ele foram encontrados mortos a pouco menos de um quilômetro do Estádio Teddy foram identificados como Salem Derawi, de 22 anos, e Ibrahim Wahadneh, de 19, ambos partidários do movimento político Fatah, do líder palestino Yasser Arafat.Nas proximidades de Hebron, uma bomba explodiu dentro do carro da esposa de um famoso extremista israelense, Noam Federman. Ninguém ficou ferido. Federman, partidário da expulsão dos palestinos da Cisjordânia, garantiu à Rádio Israel que os explosivos não pertenciam a ele. "Isto é uma piada", ironizou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.