AFP PHOTO/VASILY MAXIMOV
AFP PHOTO/VASILY MAXIMOV

Teatro de Palmyra recebe orquestra sinfônica para celebrar vitória sobre EI

Diretor Valery Gergiev dirigiu o concerto, intitulado ‘Uma oração por Palmyra, a música faz reviver as antigas muralhas’, que contou com peças de Bach, Prokofiev e Shchedrin

O Estado de S. Paulo

06 Maio 2016 | 10h18

BEIRUTE - O teatro romano da cidade monumental de Palmyra, na Síria, sediou na quinta-feira um concerto da orquestra sinfônica do teatro Mariinsky de São Petersburgo para comemorar a vitória sobre o grupo terrorista Estado Islâmico.

O evento, que foi transmitido ao vivo pela rede de televisão estatal síria, contou com a presença de ministros do país e dirigentes militares sírios e russos.

O diretor Valery Gergiev dirigiu o concerto, intitulado "Uma oração por Palmyra, a música faz reviver as antigas muralhas", no qual foram executadas peças de Bach, Prokofiev e Shchedrin.

O concerto foi aberto com uma mensagem do presidente da Rússia, Vladimir Putin, por meio de um telão montado no teatro romano. Ele ressaltou que este evento é uma mostra de "esperança não só do renascimento de Palmyra como patrimônio de toda a Humanidade, mas também da libertação de toda a civilização deste terrível flagelo, o terrorismo internacional".

Em 27 de março, o Exército sírio, com apoio de aviões russos, recuperou o controle da cidade síria, que ficou sob comando do Estado Islâmico durante dez meses.

Palmyra é famosa por suas ruínas greco-romanas e está na lista do Patrimônio Mundial da Unesco. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.