Tecnologia local censura sites no Irã e Coreia do Norte

O sistema de censura do Irã é um dos mais amplos do mundo. Usa tecnologia local para identificar e bloquear sites e a Guarda Revolucionária Iraniana tem papel ativo no controle do conteúdo online. O bloqueio ficou mais evidente nas eleições do ano passado. Já as restrições da Coreia do Norte provocaram um "buraco negro" no ciberespaço. Pyongyang optou por um sistema isolado e doméstico de intranet, formado por 30 sites aprovados pelo governo e disponíveis para parte da população. Sem internet no país, sites oficiais norte-coreanos são hospedados em servidores na China, Japão, Alemanha e até nos EUA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.