Teerã afirma que acordo mediado por Brasil e Turquia não deve ser retomado

O governo do Irã disse ontem que o acordo nuclear mediado entre Brasil e Turquia dificilmente será retomado. O presidente do Parlamento iraniano, Ali Larijani, foi pessimista e se disse "insultado" pela posição americana de rejeitar o tratado.Em maio, Lula viajou até o Irã para negociar um acordo que possibilitaria que Teerã enviasse urânio enriquecido para fora do país em troca de combustível nuclear para uso interno. Questionado se estava disposto a voltar a falar sobre um acordo nesse formato, Larijani usou o comportamento dos EUA para indicar que não há mais espaço para um pacto semelhante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.