Teerã afirma que retomará diálogo com integrantes do Conselho de Segurança

O ministro de Relações Exteriores iraniano, Manuchehr Mottaki, disse ontem que o Irã voltará a discutir nos próximos dias com integrantes do Conselho de Segurança da ONU a troca de seu urânio por material nuclear enriquecido a 20%.

, O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2010 | 00h00

Segundo o chanceler, o país enviará missões diplomáticas para negociações diretas com os 14 membros do Conselho e indiretas com os Estados Unidos, o 15º integrante do grupo.

Mottaki disse que considera viável chegar a um acordo com o Ocidente e colocá-lo em operação em duas semanas. A proposta original da ONU prevê que Teerã entregue para Rússia e França 70% de seu urânio para enriquecimento a 20%.

Os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança (EUA, Rússia, China, França e Grã-Bretanha) e a Alemanha se reúnem hoje para discutir sanções.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.