Teerã amplia vigilância contra câmbio ilegal

A polícia iraniana intensificou ontem a vigilância em Teerã para impedir a compra e venda do rial, a moeda local, por cambistas não licenciados. O objetivo é evitar o fracasso das medidas adotadas pelo governo para estabilizar a taxa de câmbio. Na semana passada, o rial caiu mais de 40% frente ao dólar e outras moedas estrangeiras. Atualmente, só comerciantes autorizados pelo Banco Central do Irã podem comprar e vender o rial, a uma taxa que valorize a moeda em 25,5 mil frente ao dólar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.