Teerã condena 6 à morte por protestos

A Justiça do Irã condenou ontem à morte seis pessoas que foram detidas durante os protestos contra o governo em 27 de dezembro em Teerã. Os réus foram acusados pelo governo de ter "insultado os sacramentos islâmicos" durante as violentas manifestações contra o presidente Mahmoud Ahmadinejad.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.