Teerã diz que 'acidente' causou explosão em base

A explosão que matou 17 soldados iranianos - incluindo um dos arquitetos do programa de mísseis de Teerã - em uma base militar foi causada por um "acidente", afirmou o governo do Irã. O governo do país persa negou que o golpe tenha sido resultado de sabotagem. "Esse incidente não tem relação com Israel ou com os EUA", disse Hassan Firouzabadi, chefe do Estado-Maior das Forças Armadas iranianas. "Mas o resultado (do programa balístico) poderá ser um duro golpe contra Israel e suas forças de ocupação", afirmou o militar.

O Estado de S.Paulo

17 de novembro de 2011 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.