Teerã enforca acusada de tráfico de drogas

O governo do Irã anunciou no sábado o enforcamento de Zahra Bahrami, de 46 anos, acusada de tráfico de drogas. Zahra tinha dupla cidadania holandesa e foi presa quando visitava o Irã em 2009, depois que participou de protestos contra a reeleição de Mahmoud Ahmadinejad. Pouco após a prisão, autoridades afirmaram ter encontrado 450 gramas de cocaína e 420 gramas de ópio em sua casa. A família nega a versão. O governo holandês cortou relações com Teerã. O advogado de Zahra disse que ainda cabiam recursos no processo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.