Teerã promete libertar americana sob fiança

IRÃ

, O Estado de S.Paulo

13 de setembro de 2010 | 00h00

O governo iraniano anunciou ontem que a americana Sarah Shourd, detida no país desde julho de 2009 sob acusação de espionagem, pode ser libertada desde que pague uma fiança de US$ 500 mil, de acordo com a agência estatal de notícias Irna. Shourd e dois homens, Shane Bauer e Josh Fattal, foram presos na fronteira entre o Irã e o Iraque há mais de um ano. As famílias dizem que os três ex-estudantes da Universidade Harvard entraram em território iraniano por engano quando faziam uma caminhada pelas montanhas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.