Tela pintada por Putin é leiloada por US$ 1,1 milhão

Não é um Picasso, mas uma pintura do primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, foi vendida hoje por US$ 1,1 milhão em um leilão para caridade em São Petersburgo, sua cidade natal. A tela estava entre pinturas de artistas conhecidos e foi leiloada para levantar dinheiro para um hospital, uma igreja e uma clínica especializada no tratamento de câncer na cidade.A galerista de Moscou Natalya Kurnikova pagou 37 milhões de rublos (US$ 1,1 milhão) pelo trabalho. Ela disse que esta pode ser a primeira e última pintura do tipo. A tela do primeiro-ministro arrecadou mais que qualquer outra durante o leilão. Uma pintura da cantora de ópera Anna Netrebko foi arrematada por 1,1 milhão de rublos (US$ 34 mil).Alguns chegaram a questionar a autenticidade da obra de Putin. O político disse, porém, que recebeu apenas um "auxílio" de uma pintora para o trabalho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.