Todd Heisler/The New York Times
Todd Heisler/The New York Times

Ligação de emergência ajuda a resgatar 17 imigrantes ilegais no litoral dos EUA

Segundo a guarda costeira, passageiros estavam a bordo de uma pequena lancha que estava à deriva a poucos quilômetros de distância de San Diego, na Califórnia. Pessoas na embarcação dispararam um sinalizador para ajudar na localização

O Estado de S. Paulo

13 Abril 2016 | 09h50

SAN DIEGO, EUA - Um telefonema de emergência resultou no resgate de 17 supostos imigrantes ilegais que teriam cruzado a fronteira do México com os EUA a bordo de uma pequena lancha, informou na terça-feira a guarda costeira americana.

Durante a manhã de terça-feira, autoridades fronteiriças receberam um telefonema de emergência de um homem que alegou estar a bordo de uma embarcação que havia ficado à deriva a poucos quilômetros de distância do litoral de San Diego, no Estado da Califórnia, no oeste dos EUA.

Para ajudar com sua localização, as pessoas a bordo da lancha dispararam um sinalizador vermelho.

Tanto a guarda costeira como a unidade aérea e marítima do Escritório de Alfândega e Proteção Fronteiriça (CBP, sigla em inglês) realizaram uma operação de resgate e, uma hora depois, localizaram a embarcação a cerca de 12,87 km a oeste de Pacific Beach.

Autoridades federais encontraram 17 pessoas a bordo da lancha, que aparentemente não contavam com documentos para estar no país. O grupo foi colocado à disposição da Patrulha Fronteiriça para ser identificado e ter sua cidadania confirmada, informaram as autoridades.

Quanto à embarcação em que os imigrantes viajavam, funcionários da alfândega a transportaram para terra para que fosse confiscada. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Estados Unidos imigração México

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.