Telesur, ligada a Chávez, compra televisão venezuelana

A cadeira regional de notícias Telesur adquiriu a rede de TV local Canal Metropolitano de Televisión (CMT), o que lhe permitirá possuir um sinal aberto dentro da Venezuela, afirmou o diretor da empresa, Andrés Izarra, em entrevista ao jornal El Nacional.O diretor da emissora justificou a aquisição alegando que as novas instalações permitirão que a cadeia desenvolva seus planos de expansão. A compra foi feita em conjunto com o Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (Bandes) da Venezuela. Izarra não divulgou o preço pago pela governo para adquirir a CMT. Disse apenas que a Telesur estará instalada em sua nova sede em meados de 2007. Ainda segundo ele, o sinal da Telesur começará a ser captado na Europa e se somará a um satélite doméstico brasileiro a partir do próximo ano. Atualmente, a cadeia regional de notícias é captada apenas na Venezuela. A Telesur iniciou suas atividades em julho de 2005 por iniciativa do presidente Hugo Chávez, que promoveu o projeto para criar uma alternativa à informação oferecida por outras redes internacionais. A Venezuela possui 51% das ações da Telesur; a Argentina tem 20%, Cuba, 14%, Uruguai, 10; e a Bolívia fica com os 5% restantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.