Televisão estatal diz que são 8 mortos nos protestos no Irã

Período de protestos é o mais violento desde as manifestações de fraude eleitoral no último junho

Reuters

28 de dezembro de 2009 | 06h04

A televisão estatal iraniana disse nesta segunda-feira, 28, que oito pessoas foram mortas nos protestos antigovernamentais, citando como fonte da informação o Conselho Supremo de Segurança da República Islâmica.

A mídia estatal tinha dito mais cedo que cinco pessoas foram mortas durante o confronto entre manifestantes e as forças de segurança em Teerã nesta segunda-feira.

"Conselho Supremo de Segurança Nacional: oito mortos nos protestos antigovernamentais no Irã," noticiou a televisão estatal em inglês por escrito nas últimas notícias, sem dar qualquer informação adicional.

No domingo, 27, 300 foram presos na mais violenta jornada de protestos no Irã desde as manifestações organizadas em junho para denunciar fraude nas eleições presidenciais.

Sites opositores disseram que a polícia abriu fogo contra os manifestantes no centro de Teerã. Segundo estes sites, oito pessoas morreram na capital e outras cidades iranianas quando dezenas de milhares de opositores tomaram as ruas.

A polícia acrescentou que as investigações estão sendo feitas e, que além dos 300 manifestantes presos, dezenas de efetivos de segurança sofreram ferimentos.

Texto atualizado às 06h34

Tudo o que sabemos sobre:
Teerãviolênciaprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.