Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Teme-se que até 4 mil pessoas ainda permaneçam sob os escombros na Indonésia

Pelo menos 20 mil prédios caíram ou estão danificados em Padang, a capital da província de Sumatra Ocidental, e seus arredores

EFE

03 de outubro de 2009 | 02h39

Até quatro mil pessoas continuam enterradas entre os escombros dos prédios derrubados na cidade indonésia de Padang, na ilha de Sumatra, onde mais de mil morreram após o terremoto de 7,6 graus do quarta-feira passada.

 

O coordenador das Nações Unidas para as ajudas humanitárias na Indonésia, El-Mostafa Bemlanlih, declarou neste sábado à imprensa que entre três mil e quatro mil pessoas continuam presas ou enterradas entre as ruínas da terceira maior cidade de Sumatra.

 

Pelo menos 20 mil prédios caíram ou estão danificados em Padang, a capital da província de Sumatra Ocidental, e seus arredores. As equipes de salvamento trabalham na busca de desaparecidos, e no atendimento de desabrigados e na remoção de escombros, enquanto a ajuda do exterior, de Jacarta e de outras províncias começa a fluir para as áreas afetadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.