Tempestade deixa mais de 100 desaparecidos em Bangladesh

Autoridade portuária emitiu um alerta aconselhando todos os navios a ficarem abrigados até novas informações

Reuters

23 de setembro de 2007 | 11h35

Mais de 100 pescadores estão desaparecidos e pelo menos 15 barcos pesqueiros afundaram durante uma tempestade na Baía de Bengala, disseram neste domingo, 23,  autoridades e testemunhas.  A autoridade portuária de Chittagong emitiu um alerta marítimo internacional aconselhando todos os navios e barcos de pesca a ficarem abrigados até novas informações, disse Syed Farhad Uddin, secretário da autoridade.  O departamento meteorológico de Bangladesh disse em boletim especial que a tempestade de monção, que atingiu a baía na noite de quinta-feira, está movendo-se na direção noroeste e que atingiu o estado de Orissa, na costa leste da Índia.  Foram registradas enchentes em Orissa e no estado vizinho de West Bengal, provocando a retirada de centenas de pessoas que vivem em áreas baixas, incluindo a cidade de Calcutá.  Três pessoas morreram em Orissa no sábado depois que parte de uma casa desabou durante a chuva forte em Cuttack, perto da capital do Estado, Bhubaneswar, onde cerca de mil pessoas foram afetadas.  O mar turbulento impede operações de resgate, mas autoridades disseram que começarão buscas assim que a força da tempestade diminuir.  Pescadores que sobreviveram disseram que viram muitos barcos afundando. Em Cox's Bazar, cerca de 10 embarcações, com cerca de 100 pescadores, viraram. Cerca de 80 homens conseguiram voltar à terra.  Autoridades também advertiram para o risco de enchentes e que o nível da água em ilhas pode chegar a 1,2 metro de altura.

Tudo o que sabemos sobre:
TempestadeBangladesh

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.