Tempestade Durian deixa 47 mortos em passagem pelo Vietnã

Pelo menos 47 pessoas morreram e 330 ficaram feridas nesta terça-feira no sul do Vietnã após a chegada do tufão "Durian", mesmo tendo sido reduzido à categoria de tempestade tropical e com a remoção de milhares de pessoas.O ciclone provocou cortes de luz e telefone, destruiu casas e afundou navios, além de bloquear estradas, segundo a televisão estatal "VTV", autoridades e a imprensa local.Na província de Ba Ria-Vung Tau morreram 23 pessoas e centenas de casas foram derrubadas, informou o Comitê Nacional de Busca e Resgate. Outras cinco morreram na província de Tien Giang, quatro na de Binh Thuan e três em Phu Ien, segundo o site "VietnamNet Bridge".Em Ho Chi Minh (antiga Saigon), o principal centro financeiro do país, oito pessoas foram dadas por desaparecidas e 1.600 casas foram destruídas, de acordo com a rede de TV VTV.A rede mostrou imagens de estradas cortadas por árvores derrubadas na cidade de Vung Tau, cerca de 50 quilômetros a leste de Ho Chi Minh.O "Durian" chegou esta manhã, vindo das Filipinas, onde causou mais de mil mortes. Os ventos são de 80 km/h e, segundo os meteorologistas, ele vai continuar enfraquecendo à medida que se afasta em direção a Tailândia.As autoridades vietnamitas tinham fechado ontem os colégios e removido milhares de pessoas, prevendo a chegada do tufão. Os navios pesqueiros receberam a ordem de ficar no porto.Em outubro, 46 pessoas morreram no Vietnã como conseqüência do tufão "Xangsane".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.