Kirill Kudryavtsev/AFP
Kirill Kudryavtsev/AFP

Tempestade em Moscou deixa 14 mortos

Trens pararam e voos nos cinco aeroportos da capital foram adiados

O Estado de S.Paulo

30 Maio 2017 | 04h55

MOSCOU - Autoridades russas afirmaram que as mortes causadas por uma poderosa tempestade que atingiu a capital do país mataram 14 pessoas.  

O Comitê de Investigação informou em comunicado na terça-feira, 30, que onze pessoas morreram em Moscou e três nos subúrbios da região por conta dos ventos fortes e da chuva que atingiu a capital, derrubando árvores, levantando tetos e prejudicando pelo menos 1.500 carros.  

Os ventos chegaram a 67 quilômetros por hora. ​Mais de 150 pessoas foram levadas para hospitais e serviços de trem na região foram desabilitados. Dezenas de voos dos cinco aeroportos da maior cidade russa, com 13 milhões de habitantes,foram atrasados. / AP

Mais conteúdo sobre:
MOSCOURússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.