Tempestade mais forte em décadas mata 18 na China

O tufão mais forte a atingir o sul da China em quatro décadas já matou 18 pessoas no país, disse o governo neste domingo. O tufão Rammasun já tinha causado fortes estragos no início da semana no norte das Filipinas, deixando 94 pessoas mortas.

AE, Agência Estado

20 de julho de 2014 | 10h28

O Rammasun matou nove pessoas e deixou cinco desaparecidos depois de atingir a ilha Hainan na sexta-feira, ao longo da costa sul da China, segundo o ministério de assuntos civis. Nove outros morreram na região de Guangxi, quando a tempestade castigou a região continental em seu caminho para o Vietnã.

O tufão é o mais forte a atingir o sul da China em 41 anos, segundo a Administração Meteorológica do país da China. A velocidade do vento chegou a 216 quilômetros por hora. A tempestade derrubou cabos de energia e danificou prédios, informou a agência de notícias Xinhua.

Autoridades do sul da China ordenaram o mais alto nível de alerta e suspenderam os trabalhos de centenas de ônibus, trens e voos em toda a região. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaTufão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.