Tempestade mata 18 e deixa 155 feridos no sul da China

Fortes tempestades castigaram o coração industrial do sul da China e provocaram a morte de pelo menos 18 pessoas, informaram autoridades locais hoje. Outras 155 pessoas ficaram feridas e 380 estão desabrigadas.

AE, Agência Estado

18 de abril de 2011 | 17h25

A Defesa Civil de Guangdong informou que a capital da província, Guangzhou, começou a ser atingida por chuva, granizo e vendavais a partir da tarde de ontem. A tempestade também atingiu as cidades de Foshan, Dongguan e Zhaoqing. A maior parte das vítimas foi atingida por objetos pesados levados pelo vento e pelo desabamento de paredes e andaimes.

A província do Guangdong, no sul da China, abriga um grande número de empresas do setor manufatureiro voltadas à exportação. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinatempestademortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.