Tempestade Muifa atinge China e Coreia do Norte

A tempestade tropical Muifa atinge áreas no nordeste da China e a Coreia do Norte nesta segunda-feira. Ondas de até 20 metros de altura provocaram danos no dique localizado em Dalian, na província de Liaoning, nordeste do país, e ameaçavam atingir o complexo da indústria química de Fujiahua, onde várias substâncias são armazenadas. Os moradores locais receberam ordens para deixar a cidade, informou a agência de notícias Xinhua News Agency, citando soldados que estão no local.

AE, Agência Estado

08 de agosto de 2011 | 11h49

Um funcionário do departamento de comunicação de Dalian citou dois relatórios do site de notícias da província que afirmam que o perigo foi controlado e que o dique foi reforçado com pedras de concreto. O funcionário forneceu apenas seu sobrenome, Zhang, o que é comum entre funcionários do governo chinês.

Segundo a agência meteorológica chinesa, Muifa vai atingir o solo na noite desta segunda-feira na região entre a província de Liaoning e o oeste da Coreia do Norte. A Estação Meteorológica Central registrou ventos costeiros de até 75 quilômetros por hora nas províncias de Liaoning e Shandong e fortes chuvas em Liaoning na tarde desta segunda-feira.

A norte-coreana Agência Central de Notícias Coreana informou que fortes chuvas já eram registradas e esperava-se que continuassem durante a noite nas províncias do noroeste do país, na medida em que a tempestade move-se lentamente para o norte.

A agência estatal de meteorologia sul-coreana, a Administração Meteorológica da Coreia, revelou que são esperados até 200 milímetros de chuvas em algumas áreas do oeste da Coreia do Norte. Ondas de até 8 metros também são esperadas ao longo de áreas costeiras.

A Estação Meteorológica Central disse que Muifa está gerando ventos no mar de até 102 quilômetros por hora e se move a uma velocidade de 25 a 30 quilômetros por hora. A tempestade vai perder forças após chegar em terra e provocar fortes chuvas em Liaoning, diz a agência.

Muifa, que foi classificada anteriormente como um tufão, derrubou linhas de energia, outdoors e árvores em Xangai e provocou fortes chuvas na província de Shandong no domingo. Na semana passada, Muifa matou quatro pessoas nas Filipinas e deixou feridos e provocou quedas de energia no sul do Japão, tem atingir o território do país. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.