Mike Segar / Reuters
Mike Segar / Reuters

Tempestade no nordeste dos EUA cancela voos e fecha escolas

Condições climáticas podem atingir com mais força o Estado de Nova York e região da Nova Inglaterra; neve deve chegar a 40 cm

O Estado de S. Paulo

02 de fevereiro de 2015 | 12h45

WASHINGTON - Uma tempestade de inverno atingiu o nordeste dos Estados Unidos nesta segunda-feira, 2, pondo em perigo as pessoas que vão para o trabalho, cancelando voos e fechando escolas.

As condições climáticas podem atingir com mais força o Estado de Nova York e a região da Nova Inglaterra. Meteorologistas dizem que moradores e Boston podem registrar acúmulo de neve entre 22 centímetros e 40 centímetros. Quantidade semelhante é esperada entre Vermont e Connecticut.

A expectativa é que a quantidade acumulada de neve varie de 15 centímetros a 25 centímetros em Buffalo e Binghamton, Estado de Nova York, e de 20 centímetros a 35 centímetros em Albany, no mesmo Estado.

Com as temperaturas subindo acima de 0ºC durante o dia, o que faz a neve derreter, e caindo durante a noite, formando gelo, a maior parte da região deve se tornar escorregadia.

"Como moradores da Nova Inglaterra, estamos acostumados a isso durante o inverno", declarou Matt Doody, do Serviço Nacional de Meteorologia. Mas ele alertou que os horários de pico da manhã e do final da tarde devem ser conturbados.

Os trabalhadores da área de Nova York, onde os termômetros já registraram temperaturas acima de 0ºC, enfrentaram lama e granizo. A área Philadelphia poderia registra até 2,5 centímetros de neve e um pouco de gelo, antes de uma chuva que deve fazer com que tudo volte ao normal.

A tempestade moveu-se lentamente durante a noite na direção leste, saindo do Meio-Oeste, onde deixou 30 centímetros de neve em Chicago.

Mortes. Foram registradas quatro mortes por causa das condições climáticas. Autoridades de Ohio informaram que um policial de Toledo morreu enquanto retirava neve de sua garagem no domingo.

Em Nebraska, um motorista de caminhão e uma mulher de 62 anos foram mortos em dois acidentes de tráfego separados em vias com acúmulo de gelo. Em Wisconsin, um homem de 64 anos com histórico de problemas cardíacos foi encontrado morto em sua garagem no domingo, após remover neve com uma pá.

Em todo o país, centenas de escolas públicas cancelaram suas aulas em razão do perigo representado pelo deslocamento das crianças. Muitas escolas paroquiais e universidades adotaram a mesma medida.

Mais de 2.300 voos foram cancelados nesta segunda-feira, sendo cerca de um sétimo deles no aeroporto Logan, em Boston. Autoridades pública em toda Nova Inglaterra anunciaram proibições de estacionamento antes do início da tempestade para que equipes pudessem manter as estradas vazias. / Dow Jones Newswires

Tudo o que sabemos sobre:
EUAclimanordestenevetempestade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.