Romeo Ranoco/Reuters
Romeo Ranoco/Reuters

Tempestade tropical causa 9 mortos e milhares de deslocados nas Filipinas

A maioria das vítimas morreu afogada ou soterrada por deslizamentos provocados pelos fortes aguaceiros e pelo vento, que também provocou a queda de postes de eletricidade e de árvores

Efe,

09 de maio de 2011 | 04h48

MANILA - Pelo menos nove pessoas morreram e mais de cem mil foram deslocadas no leste das Filipinas por causa das inundações e deslizamentos de terra provocados pela tempestade tropical "Aere", informaram nesta segunda-feira, 9, fontes oficiais.

 

A tempestade chegou ao solo no domingo com ventos de até 85 km/h na ilha de Catanduanes e se desloca em direção norte rumo à ilha de Luzon da capital Manila, informou o Serviço Atmosférico, Geofísico e Astronômico filipino.

 

A maioria das vítimas morreu afogada ou soterrada por deslizamentos provocados pelos fortes aguaceiros e pelo vento, que também provocou a queda de postes de eletricidade e de árvores, assim como cortes de várias estradas.

 

Mais de 5.000 famílias tiveram que ser evacuadas e outras 4.000 ficaram presas na zona afetada, segundo a agência nacional de desastres.

 

A cada ano, entre 15 e 20 tufões passam pelo arquipélago durante a estação chuvosa, que começa entre maio e junho, e termina em outubro ou novembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.