Tempestade tropical Debby se forma no Golfo do México

A tempestade tropical Debby se formou no Golfo do México neste sábado, interferindo na produção de gás e petróleo na região e colocando as autoridades em alerta, em razão da possibilidade de enchentes e fortes ventos no trecho que vai do sul da Louisiana até o noroeste da Flórida.

AE, Agência Estado

23 de junho de 2012 | 20h17

Debby testava a cerca de 350 quilômetros ao sul da foz do rio Mississippi River, com ventos sustentados de 80 quilômetros por hora.

Trata-se da primeira tempestade tropical ocorrida antes de 1º de julho, durante a temporada de furacões no Atlântico, desde o início dos registros, em 1851. A tempestade se movia a 10 quilômetros por hora. O centro de Debby deve permanecer no norte do Golfo nos próximos dias e não há expectativa imediata de que toque o solo.

Debby deve provocar 152 milímetros de chuva ao longo da costa, sendo que alguns trechos podem haver 254 milímetros. Um aviso de tempestade foi emitido para parte da costa da Louisiana. A tempestade provocou a suspensão de 8% da produção de petróleo e gás na região.

O governo norte-americano informou neste sábado que nove plataformas de produção e um local de perfuração foram evacuados. A produção de petróleo bruto representa cerca de 2% da produção norte-americana e cerca de 0,1% da produção mundial. A medida não deve ter impacto sobre os preços do petróleo a menos que a tempestade ganhe força e mais plataformas tenham de ser fechadas. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUAtempestadeGolfo do México

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.