Tempestade tropical mata 26 pessoas nas Filipinas

A passagem da tempestade tropical Chanchu neste sábado causou a morte de 26 pessoas, deixou vários feridos e desaparecidos e desabrigou cerca de 23 mil em diversas ilhas das Filipinas, que foram atingidas por fortes ventos e chuvas.Chanchu é a primeira tempestade tropical a atingir as Filipinas em 2006 e levou à transferência da reunião informal de ministros de Economia da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean), que começaria na segunda-feira na ilha turística de Boracay, para a capital Manila.A maioria das vítimas - 20 pessoas - morreu na região central das Filipinas, devido ao naufrágio de uma lancha que transportava passageiros entre as ilhas de Masbate e Luzom, informaram fontes oficiais.As outras seis vítimas da tempestade morreram devido a quedas de árvores e postes elétricos, assim como partes de construções que foram arrancadas pela força dos ventos nas ilhas de Luzon e Visayas.Segundo a agência meteorológica filipina, a Pagasa, a tempestade provocou ventos de 110 quilômetros por hora próximo a seu núcleo, com seqüências de até 140 quilômetros por hora.A agência afirmou que a tempestade perde força gradualmente após atravessar Visayas e Luzon rumo ao Mar da China Meridional, mas não se descarta a possibilidade de que volte a tomar força e a atingir as ilhas, caso faça um giro de 180 graus e se dirija a seu lugar de origem, no Pacífico Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.