Tempestade tropical se move em direção ao Texas

Edouard pode ganhar força nas águas do Golfo do México antes de atingir os Estados Unidos, na terça-feira

Agências internacionais,

04 de agosto de 2008 | 06h03

O Centro Nacional de Furacões (EUA) colocou em alerta na noite de domingo, 3 a costa oeste da Louisiana e leste do Texas, devido à passagem da tempestade tropical Edouard nas próximas 24 horas. O fenômeno pode ganhar força e transformar-se em furacão antes de atingir o Texas, previsto para terça-feira.   Edouard, com ventos máximos de até 80 quilômetros por hora, é a quinta tempestade tropical desta temporada de furacões e avança a oito quilômetros por hora. Segundo os meteorologistas, as águas quentes do golfo dão condições adequadas para que a tormenta ganhe força e alcance ventos de pelo menos 120 quilômetros por hora.   Às 9h da manhã desta segunda (hora de Brasília), o Edouard tinha ventos máximos sustentados de 81 quilômetros por hora. O olho da tempestade situava-se a 129 quilômetros de Grand Isle, Louisiana, e deslocava-se a 13 quilômetros por hora. Comunidades do sul do Texas se preparavam para o possível impacto do Edouard, enquanto o sul da costa do Estado a população ainda luta para se recuperar dos danos deixados em julho pelo furacão Dolly.   Uma temporada considerada normal tem seis furacões, dos quais dois alcançam forma acima de três na escala, com ventos com velocidade superior a 178 km/h. Segundo a BBC, a temporada de furacões do Atlântico, que vai de 1º de junho a 30 de novembro, é mais temida do que a temporada do Pacífico por ter causado, nos últimos anos, tempestades que provocaram prejuízos bilionários e milhares de mortes, como os furacões Ivan (em 2004) e Katrina (em 2005).   Matéria atualizada às 11h30.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAEdouard

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.