Tempestades de areia impedem avanço de tropas sobre Bagdá

Tempestades de areia estão impedindo hoje o avanço anglo-norte-americano sobre Bagdá, enquanto tropas fiéis a Saddam Hussein continuam oferecendo dura resistência no sul do Iraque. "Nas condições atuais, os helicópteros não podem decolar nem aterrissar", disse um oficial da 101ª Divisão Aerotransportada dos Estados Unidos, a unidade que apóia as colunas de tanques que estão a cerca de 80 quilômetros da capital iraquiana.Os ventos sopravam a mais de 60 quilômetros por hora e a visibilidade era inferior a mil metros. Perto de Najaf, uma cidade situada 200 quilômetros ao sul de Bagdá, a 3ª Divisão de Infantaria norte-americana enfrentava idênticas condições climáticas.As tempestades de areia no deserto iraquiano começaram hoje de manhã (hora local) e, segundo as previsões meteorológicas, devem perdurar até quarta-feira.No sexto dia da operação, as forças anglo-americanas enfrentavam também uma persistente resistência em Basra e Nassíria. Um porta-voz do comando militar britânico atribuiu a "dura resistência" encontrada em Basra a pessoas "extremamente fiéis a Saddam Hussein" que se entrincheiram na cidade e intimidam a população local. Veja o especial :

Agencia Estado,

25 de março de 2003 | 10h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.