Tempestades deixam 34 mortos e 76 feridos na Colômbia

A segunda temporada de chuvas do ano na Colômbia já deixou 34 mortos, 76 feridos e nove desaparecidos, afirmou ontem a entidade governamental encarregada da prevenção e atenção a desastres. Luz Amanda Pulido, diretora do órgão, afirmou que 558.417 pessoas, em 26 dos 32 departamentos (Estados) colombianos foram afetadas pelas tempestades e inundações, iniciadas no meio de setembro.O maior número de vítimas ocorreu no departamento de Antioquia, no noroeste do país, onde morreram 15 pessoas. As outras 19 morreram no departamentos de Atlántico, Cesar e Guajira, no norte do país; Caldas, Cundinamarca, Tolima e Quindio, no centro; e Huila, Cauca, Nariño e Valle, no sudoeste.As piores chuvas ocorreram no norte, onde houve muitas inundações em áreas de criação de gado e agricultura. No sul vários povoados ficaram isolados, após seis pontes ruírem por avalanches provocadas por uma breve erupção do vulcão Nevado del Huila.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.