Nikki Boertman/AP
Nikki Boertman/AP

Tempestades matam 4 e deixam 50 feridos nos EUA

Estadão Conteúdo

24 de dezembro de 2014 | 11h09

Equipes de gestão de desastres do Estado de Mississippi, nos Estados Unidos, devem passar a véspera de Natal avaliando os danos causados por fortes tempestades que mataram pelos menos quatro pessoas e deixaram outras 50 feridas, além de terem danificados casas e comércios em três condados. O governador do Mississippi, Phil Bryant, declarou estado de emergência na noite de terça-feira para os condados de Jones e Marion, onde ocorreram as mortes. Milhares de pessoas continuam sem eletricidade.

Segundo o diretor da agência de gestão de desastres do condado de Marion, Arron Greer, duas mulheres morreram na região, uma que morava em um trailer e outra que estava em uma loja ao sul de Columbia. No condado de Jones, o chefe da agência local, Summer Davis, afirmou que um casal morreu em um trailer a oeste da cidade de Laurel.

Alertas foram emitidos para os Estados de Alabama e Georgia, já que a tempestade se move em direção a Atlanta e deve atingir também a Flórida na sequência.

Enquanto isso, nevascas na região dos Grandes Lagos e tempestades no Meio-Oeste ameaçam atrapalhar as viagens para as festas de fim de ano. Nesta quarta-feira, dezenas de voos foram cancelados no Aeroporto Internacional de Filadélfia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtempestadesmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.