Temporais causam dezenas de mortes no Nepal e Índia

Enchentes e deslizamentos causaram a morte de pelo menos 54 pessoas no oeste do Nepal em meio a fortes chuvas que tiveram início na quinta-feira, segundo informaram autoridades locais neste sábado. Outras 142 pessoas estão desaparecidas.

Estadão Conteúdo

16 de agosto de 2014 | 11h45

Dez distritos da região, que fica 400 quilômetros a oeste da capital, Katmandu, foram atingidos pelas cheias e a expectativa é que o número de mortos continue subindo, de acordo com a polícia nepalesa.

As estradas da área afetada foram tomadas por enchentes ou bloqueadas por deslizamentos, o que impede a chegada de equipes de resgate aos vilarejos mais remotos. Além disso, linhas de transmissão elétrica se partiram e torres de comunicação foram derrubadas pelas cheias, isolando milhares de pessoas na região.

Temporais e deslizamentos também mataram 24 pessoas no Estado indiano de Uttarakhand, na fronteira com o Nepal, nos dois últimos dias, segundo policiais.

O período de chuva no sul da Ásia começa em junho e vai até setembro. Deslizamentos nas áreas montanhosas e enchentes nas planícies são comuns nesta época do ano. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
NepalÍndiatemporais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.