Temporais deixam cinco mortos no Chile

Cinco pessoas morreram e outras duas estão desaparecidas devido às fortes chuvas que atingiram o centro e o sul do Chile na noite desta terça-feira. Seis das vítimas estavam num barco pesqueiro que partiu do porto de San Antonio, a 100 km ao oeste de Santiago, e afundou a cerca de 28 km da costa devido as péssimas condições climáticas. Dos quatro tripulantes que morreram, dois foram encontrados amarrados à embarcação. Dois homens ainda estão desaparecidos. A outra vítima fatal é um ciclista que foi arrastado pelas águas do rio Gallipavo, nas cercanias de Chillán, a 370 km ao sul de Santiago. Com as cheias dos rios e deslizamentos provacados pelo temporal, centenas de pessoas estão desabrigadas, de acordo com as notícias oficiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.