Temporais e deslizamentos na Indonésia deixam 11 mortos

Já são 3.500 deslocados; autoridades afirmam que resta pouco combustível para eletricidade

Efe,

22 de fevereiro de 2008 | 06h03

Pelo menos 11 pessoas morreram e mais de 3.500 foram deslocadas por causa das fortes chuvas que atingem há uma semana o sudeste da Indonésia e pelos deslizamentos de terra na região central do país. Nove das mortes foram registradas na província de Nusa Tenggara Oriental e outras duas em Java Central, informou nesta sexta-feira, 22, o Ministério da Saúde do país. Ondas de até três metros de altura afetaram quase todas as ilhas de Nusa Tenggara Oriental, quase 1.500 quilômetros ao sudeste da capital e onde os ventos com força de furacão dificultam a chegada de ajuda de emergência aos evacuados, que esperam nos refúgios no interior. As autoridades afirmam ter arroz suficiente para uma semana, mas cada vez resta menos combustível para eletricidade. As enchentes e deslizamentos de terras são comuns na Indonésia durante a temporada de chuvas, que começa em outubro e termina no final de março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.