Cézaro De Luca/Efe
Cézaro De Luca/Efe

Temporal deixa 14 mortos na região de Buenos Aires

Houve queda de granizo e os ventos chegaram a 120 quilômetros por hora

Agência Estado,

05 de abril de 2012 | 16h49

Pelo menos 14 pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas na noite de quarta, 4, para quinta-feira, 5, após um forte temporal ter atingido a região de Buenos Aires. Houve queda de granizo e os ventos chegaram a 120 quilômetros por hora.

"Sete pessoas morreram, seis delas atingidas por paredes que caíram e uma eletrocutada", informou Luciano Timerman, coordenador do Conselho Provincial de Emergências. As demais vítimas são de locais próximos à capital.

"Será uma tarefa enorme para o governo da capital reparar todos os danos provocados pelo temporal na cidade. Registramos a queda de mais de 110 árvores", declarou a vice-prefeita da cidade, María Eugenia Vidal.

"Quatro das vítimas morreram em Moreno, uma em Avellaneda; outra em La Plata e outra em Quilmes", informou Timerman.

O temporal provocou danos em carros e cabines de pedágio em duas estradas, além da queda de postes de iluminação pública e grandes apagões.

Árvores e galhos caídos cobriam calçadas e parques da zona sul de Buenos Aires, onde o temporal causou mais estragos. Ventos fortes derrubaram parte das luzes do estádio do time de futebol Nueva Chicago e também danificaram as instalações dos clubes San Lorenzo e Huracán. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Argentinatemporal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.