Tentativa de roubo em consulado argentino no Chile

A imprensa argentina informa, hoje, sobre uma tentativa fracassada de roubo em um consulado argentino em Punta Arenas, no Chile, que, por suas características, não parece ter sido realizado por delinqüentes comuns. Segundo a versão publicada nos jornais Clarín, La Nación e Página 12, o embaixador argentino em Santiago, Carlos Enrique Abihaggle, denunciou o fato ao governo chileno, qualificando-o de ?sério incidente?.Segundo ele, o consulado foi forçado e fizeram fotocópias de uma pasta com informações secretas, em um presumível caso de espionagem. O cônsul-adjunto em Punta Arenas, José Andrés Barbus, ao chegar imprevistamente ao escritório, na manhã de Domingo, ?deparou-se com uma pessoa desconhecida em atitude suspeita?. Tentou detê-la, mas não conseguiu.Ele pôde, entretanto, impedir uma segunda pessoa de resgatar duas jaquetas, uma filmadora e documentos ? uma carteira de identidade chilena e uma autorização para porte de armas em nome de Luis Alberto Robles Ricus - segundo o relato.O Ministério das Relações Exteriores da Argentina, contatado pela AP, recusou-se a comentar o episódio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.