Terceira missão tripulada chinesa retorna à Terra com sucesso

Nave aterrissou neste domingo em uma pradaria da região autônoma chinesa da Mongólia Interior

EFE

28 de setembro de 2008 | 06h58

O módulo de volta da nave "Shenzhou VII" aterrissou neste domingo sem contratempos em uma pradaria da região autônoma chinesa da Mongólia Interior com seus três astronautas a bordo, completando assim com sucesso a terceira missão tripulada da China, segundo informou a televisão estatal chinesa "CFTV".   A televisão nacional, que acompanhou a viagem dos astronautas Zhai Zhigang, Liu Boming e Jing Haipeng desde que decolaram para o espaço, transmitiu as imagens do módulo caindo em pára-quedas e pousando com relativa suavidade nas pradarias mongóis por volta das 17h38 hora local (6h38 de Brasília). A missão, que foi adiantada um ano para coincidir assim com os Jogos Olímpicos de Pequim, foi a primeira à qual os chineses alcançaram com sucesso completar uma atividade extra-veicular ou "passeio espacial", manobra que até agora só tinha sido realizada por missões americanas e russas.   As imagens do astronauta Zhai cumprimentando no sábado milhões de telespectadores chineses e ondeando uma bandeira chinesa no espaço passarão para a história do país, que planeja mandar novas naves "Shenzhou" nos próximos anos. 

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAASTRONAUTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.