Terceiro prefeito é assassinado no México este ano

Autoridades mexicanas informaram nesta sexta-feira que foi assassinado ontem o prefeito Prisciliano Rodríguez Salinas, da cidade de Doctor González, no norte do país. Salinas é o terceiro prefeito morto em 2010 no México, sem contar outros dois políticos - candidatos a prefeitura e governo.

AE-AP, Agência Estado

24 de setembro de 2010 | 09h47

Segundo as autoridades locais, o crime foi cometido por homens armados, numa região do México assolada por disputas entre cartéis do narcotráfico. O Escritório do Promotor Geral do Estado de Nuevo León informou que Salinas foi morto junto com outro funcionário da prefeitura, na cidade que fica 50 quilômetros a leste de Monterrey, a capital estadual. Nessa área, gangues rivais disputam o controle de rotas para a passagem de drogas através de Nuevo León e em outros Estados fronteiriços com os Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.