Termina a quarentena por peste pneumônica na China

O foco de peste pneumônica, o mais letal dos três tipos da doença, começou em 30 de julho e infectou 12 pessoas, das quais 3 morreram

EFE

09 de agosto de 2009 | 02h54

As autoridades de saúde chinesas retiraram a quarentena em Ziketan, a localidade tibetana da província de Qinghai onde três pessoas morreram e outras nove foram infectadas por foco de peste pneumônica.

 

Segundo informa neste domingo a imprensa chinesa, a decisão aconteceu depois que não se reportar nenhum novo caso de peste em uma semana. Ziketan é uma localidade muito pobre e habitada por pastores nômades tibetanos na Prefeitura de Hainan.

 

O foco de peste pneumônica, o mais letal dos três tipos da doença, começou em 30 de julho e infectou 12 pessoas, das quais 3 morreram.

 

Os nove pacientes em quarentena se encontram em condição estável e se recuperam da doença, incluindo um que esteve à beira da morte e outro em situação grave, explicou Dong Fukui, vice-governador da Prefeitura.

Tudo o que sabemos sobre:
peste pneumônica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.