Termina buscas por vítimas de desabamento na Letônia

O serviço de resgate da Letônia disse que encerrou as buscas no local onde um supermercado desabou deixando 54 pessoas mortas, incluindo três bombeiros, e ao menos 40 feridos.

Agência Estado

25 de novembro de 2013 | 18h17

Os quatro dias de operação foram interrompidos no sábado quando uma grande parte do teto do supermercado desabou, mas ninguém ficou ferido.

O primeiro-ministro Valdis Dombrovskis classificou o desabamento do supermercado de "crime sério" e disse que os culpados devem ser condenados.

Autoridades do país informaram que 40 pessoas participam da investigação que deve durar semanas. Explicações possíveis para o desastre incluem falha na planta, uso de material de baixa qualidade e corrupção. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Letôniadesabamentosupermercado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.