Termina greve nos portos de Los Angeles e Long Beach

O prefeito da cidade de Los Angeles, Antonio Villaraigosa, afirmou que um acordo foi alcançado nesta quarta-feira para acabar com a greve de oito dias que interrompeu as operações no maior complexo portuário dos Estados Unidos.

AE, Agência Estado

05 de dezembro de 2012 | 10h29

Villaraigosa informou que os negociadores aprovaram o acordo ontem à noite, algumas horas depois da chegada dos mediadores federais de Washington.

"A equipe de negociações votou pela aprovação de um contrato que será levado aos seus membros", disse o prefeito, referindo-se aos integrantes do sindicato de funcionários administrativos.

Os grevistas dos portos de Los Angeles e Long Beach vinham trabalhando sem contrato por mais de dois anos. A manifestação impediu que os navios entregassem bilhões de dólares em produtos a armazéns e centros de distribuição de todo o país.

Os grevistas afirmavam que os empregadores planejavam terceirizar o trabalho. Os empregadores negaram a acusação e disseram que, na verdade, querem ter a flexibilidade de não preencher vagas criadas por trabalhadores que peçam demissão ou se aposentem. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUAPORTOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.