Terremoto atinge sudoeste iraniano e deixa 60 feridos

Um forte terremoto de magnitude 6,2 foi registrado nesta segunda-feira numa região montanhosa e esparsamente povoada do Irã, nas proximidades da fronteira com o Iraque, informou a televisão iraniana.

Estadão Conteúdo

18 de agosto de 2014 | 09h58

Não havia informações sobre mortes, mas uma autoridade local disse que cerca de 60 pessoas ficaram feridas e que o tremor causou muitos danos.

Segundo a emissora, o terremoto atingiu a cidade de Murmuri, cerca de 500 quilômetros a sudoeste da capital, Teerã, às 7h02 (horário local, 23h32 de domingo, em Brasília). Dados divulgados pela televisão informaram que o tremor teve magnitude 6,2 e aconteceu a uma profundidade de 10 quilômetros.

Mohammad Reza Morvarid, o governador local, disse que 60 pessoas ficaram feridas mas como tremores menores já haviam sido sentidos na região no domingo, os moradores estavam preparados de alguma forma.

"Muitas pessoas dormiram do lado de fora", disse Morvarid, acrescentando que "muitos prédios ficaram danificados".

O terremoto desta segunda-feira também foi sentido em províncias vizinhas. O Centro de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) informou que o tremor foi de magnitude 6,3.

O Irã está sobre uma série de falhas geológicas e registra, em média, um pequeno terremoto por dia. Em 2003, cerca de 26 mil pessoas foram mortas por um terremoto de magnitude 6,6 que destruiu a histórica cidade de Bam, no sudeste do país. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãterremotosudoeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.