Terremoto de 4,6 graus na escala Richter atinge Japão

Não foram reportados danos e também não foi necessário emitir um alerta de tsunami

EFE

26 de janeiro de 2008 | 06h36

Um terremoto de 4,6 graus na escala aberta de Richter foi registrado nesta sexta-feira no mar perto de Noto, na província de Ishikawa (norte do Japão), mas não causou danos nem deixou vítimas, informou a agência "Kyodo". O terremoto ocorreu no litoral do Mar do Japão às 4h33 (17h33 de sexta-feira em Brasília), cerca de 20 quilômetros de profundidade, e alcançou uma intensidade 5, na escala japonesa fechada de 7, em algumas localidades. Não foram reportados danos e também não foi necessário emitir um alerta de tsunami, segundo a "Kyodo". A usina nuclear que se encontra na província de Ishikawa, propriedade da empresa Hokuriku Electric Power, não foi afetada, pois na hora em que ocorreu o terremoto seus dois reatores estavam desligados. O Japão está em uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo e os terremotos de grande intensidade são relativamente freqüentes, mas em geral não costumam causar graves danos devido à rígida lei em vigor para a construção de edifícios. O terremoto mais grave registrado no Japão recentemente ocorreu em Kob (oeste do país) em 17 de janeiro de 1995, com uma magnitude de 7,3 graus na escala Richter e deixou mais de seis mil mortos.

Tudo o que sabemos sobre:
Terremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.