Li Jing/Xinhua via AP
Li Jing/Xinhua via AP

Terremoto de 5,4 graus de magnitude deixa 8 mortos e mais de 20 feridos no noroeste da China

Região de Quzgun, com 449 habitantes, foi a mais afetada e registrou o desabamento de mais de 1,5 mil casas; policiais e militares foram enviados para a região

O Estado de S.Paulo

11 Maio 2017 | 02h00
Atualizado 11 Maio 2017 | 08h26

PEQUIM - Um terremoto de 5,4 graus de magnitude deixou oito pessoas mortas na região de Xinjiang, no noroeste da China, nesta quinta-feira, 11, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS) e a agência de notícias estatal Xinhua

A Administração de Terremotos da China disse que o tremor ocorreu às 5h58 locais, a 213 quilômetros da cidade de Kashgar, a uma profundidade de 8 quilômetros. A Xinhua informou que 23 pessoas ficaram feridas.

A agência de notícias também afirmou que algumas paredes de edifícios sofreram rachaduras e desabaram. A região de Quzgun, com 449 habitantes, foi a mais afetada e registrou o desabamento de mais de 1,5 mil casas.

Milhares de policiais e militares foram enviados para a região para tentar socorrer os mais de 12 mil afetados. Cerca de 9,2 mil pessoas foram levadas para lugares seguros, enquanto os feridos foram hospitalizados.

A companhia de fornecimento de energia elétrica da área disse que o sistema está funcionando normalmente, assim como o fornecimento de água e telecomunicações.

Xinjiang é frequentemente atingida por terremotos, mas a maioria causa danos pequenos. / REUTERS, EFE e AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.